SBCTrans

Meio Ambiente

Menu Rápido

Política Ambiental

A SBCTrans se compromete a gerenciar os elementos das atividades de seus serviços que possam interagir com o meio ambiente, com impactos ambientais, identificando seus riscos e capacitando seus colaboradores.

  • Melhoria contínua: promovida nos processos de seus serviços;
  • Comunicação com as partes interessadas: disseminação da cultura de responsabilidade ambiental, individual e coletiva, entre colaboradores, fornecedores, prestadores de serviços e clientes;
  • Monitoramento: processos para medir, monitorar, auditar os aspectos ambientais associados ao consumo de insumos como água, energia e geração de resíduos, estabelecendo periodicamente novas metas.

Em 2009, a SBCTrans certificou seu Sistema de Gestão da Qualidade ISO 9.001 e buscou fortalecer sua preocupação com o Meio Ambiente, com base na norma ISO 14.001, praticando o SGA (Sistema de Gestão Ambiental).

Sistema de Gestão Ambiental

Definição: conjunto de ações sistematizadas que visam o atendimento das boas práticas das normas e da legislação ambiental. Objetivos: Empresarias/Econômicos » Redução de custos com: atuações, passivos ambientais, insumos, resíduos e emissões. Objetivos: Ambientais » Promover a melhoria do meio ambiente; » mplementar e difundir os “Princípios do Desenvolvimento Sustentável”.

Certificação Ambiental

Definição: Atendimento a um conjunto de normas internacionais de implantação e operação de um Sistema de Gestão Ambiental. Objetivos: Promover a melhoria ambiental contínua pelo atendimento e aprimoramento dos aspectos relacionados. » Redução de custos com: atuações, passivos ambientais, insumos, resíduos e emissões. Objetivos: Ambientais » Política Ambiental; » Planejamento e operação; » Difusão dos requisitos; » Verificação e correção.

SGA – SBCTrans

Política Ambiental SBCTrans de Gestão Integrada

O SGA (Sistema de Gestão Ambiental) é um conjunto de ações sistematizadas que visam o atendimento das boas práticas, das normas e da legislação ambiental. Através do SGA, a SBCTrans se compromete a gerenciar os aspectos ambientais de suas atividades, identificando riscos, capacitando seus colaboradores e promovendo a melhoria contínua dos processos, voltados a sustentabilidade e geridos pelo seu Sistema de Gestão Integrada (SGI):

  • Atendendo a legislação ambiental, ocupacional e outros requisitos legais ou subscritos aplicáveis à organização;
  • Alcançando objetivos e metas de meio ambiente, segurança e saúde;
  • Gerenciando a emissão de poluentes, o lançamento de efluentes, a geração de resíduos e o consumo de hidrocarbonetos;
  • Monitorando o seu desempenho através de indicadores ambientais;
  • Controlando seus processos por ações corretivas, preventivas e preditivas;
  • Contribuindo com a sociedade através de campanhas sociais e ambientais.

Objetivos: Empresarias/Econômicos » Redução de custos com: atuações, passivos ambientais, insumos, resíduos e emissões. Objetivos: Ambientais » Promover a melhoria do meio ambiente; » Implementar e difundir os “Princípios do Desenvolvimento Sustentável” O SGA promove a melhoria contínua dos processos e serviços, monitorando-os e auditando seus aspectos ambientais como consumo de água e energia e geração de resíduos. Busca também disseminar a cultura da responsabilidade ambiental, entre colaboradores, fornecedores, clientes e sociedade. Em 2012, a SBCTrans busca a certificação do Sistema de Gestão Integrada ISO 9.001, 14.001 e 18.001, fortalecendo sua preocupação com o meio ambiente, segurança e saúde. Esta certificação (SGI) visa o atendimento de um conjunto de normas internacionais de implantação e operação de um sistema de gestão da qualidade, meio ambiente, segurança e saúde, com o objetivo de promover a melhoria contínua pelo atendimento a:

  • Política ambiental;
  • Planejamento e operação;
  • Difusão dos requisitos;
  • Verificação e ação corretiva;
  • Auditoria
As diretrizes do SGA da SbcTrans contemplam: SGA SBC Trans
Água

O uso da água foi aperfeiçoado por meio do reuso, reduzindo a demanda de um recurso natural utilizado na lavagem da frota de ônibus, melhorando a eficiência dos processos e minimizando a geração de efluentes. Visando a redução do consumo de água potável, a empresa possui projetos para construção de reservatórios maiores para captação dos efluentes industriais e dos efluentes tratados e captação de água da chuva, além de realizar regulagem de descargas sanitárias e instalação de torneiras com temporizadores.

Efluentes

A SBCTrans inaugurou em junho de 2004 um sistema de tratamento de efluentes (água industrial). Através do tratamento físico e químico para remoção de bactérias e da sujidade do efluente bruto, é possível a reutilização deste recurso. O efluente tratado na Estação de Tratamento e Efluentes (ETE) é encaminhado para a filtração seguida da desinfecção, possibilitando assim a reutilização da água na lavagem de seus veículos e limpeza em sua manutenção. Para garantir a eficiência do tratamento, são realizados monitoramentos constantemente, o que elevou o nível de recirculação da água utilizada na lavagem de ônibus, aproximadamente a 18 milhões de litros anuais.

Energia

A SBCTrans mantém sistematização de informações de consumo consciente de energia, relacionado a parte predial, motivando adequações e instalação de lâmpadas eficientes (LEDS), tanto predial quanto em veículos da frota, individualização em circuitos de iluminação que permitem luz parcial nos locais de trabalho, sensores de presença em locais de passagem, adequação do gás refrigerante dos aparelhos de ar condicionado, ajustando equipamentos e processos com foco em eficiência energética. Em relação aos combustíveis alternativos, a estratégia européia introduz o objetivo de 20% de consumo total de energia a ser assegurado por combustíveis de substituição do petróleo, no modo de transportes rodoviários até o ano de 2020. Em 2011 a SBCTrans manteve a qualidade do biodiesel abastecido em sua frota, recomendada pelo programa de controle da poluição do ar por veículos automotores (PROCONVE). O objetivo é continuar abastecendo a frota em 2012 com o biodiesel aditivado e seguir as exigências ambientais com teor de enxofre de 5ppm recomendado pelo PROCONVE 7 (EURO 5). A empresa acredita que o investimento em combustível de qualidade é essencial para promover a eficiência energética.

Emissões Atmosféricas

Em fevereiro tem início a 3ª edição do projeto Orientar (convênio PMSBC e Petrobrás), do qual a SBCTrans participa voluntariamente como parceira desde 2010 e com aprovação instantânea da ordem de 95%. Tal projeto mede o índice de emissões por veículos ciclo diesel em nossa cidade e visa orientar e educar quanto aos impactos ambientais das atividades do modal rodoviário. Essa parceria vem enriquecer nossa experiência no controle de emissões, iniciada em 2008 com a aquisição de opacímetro e desenho de processos focados na profissionalização e no Programa de Melhoria em Manutenção de Veículos Diesel (PMMVD) da CETESB. O opacímetro aprimora o sistema de controle da poluição da SBCTrans, minimizando as emissões atmosféricas. O sistema de monitoramento garante a efetividade das medidas e auxilia na manutenção dos níveis de poluentes emitidos pelos veículos da frota e da qualidade do ar em nossas áreas de influência. O Programa de Gestão de Gases de Efeito Estufa da SBCTrans apresenta como maior ferramenta o colaborador treinado e comprometido com a qualidade do ar e do inventário das emissões dos veículos da frota, o qual é contemplado em um sistema de banco de dados que mostra a responsabilidade da empresa com o meio ambiente.

Emissões
Resíduos

Nosso programa de gestão de resíduos tem por objetivo reduzir as gerações de resíduos provocadas por nossas atividades de manutenção e procurar maneiras mais adequadas de tratá-las. O trabalho vai desde a separação dos resíduos até a busca de alternativas de reprocessamento para usar resíduos em outras cadeias produtivas, através da coleta seletiva. Quando o reprocessamento não é possível, descartamos os materiais em aterros sanitários, considerando os controles ambientais necessários. Auditorias periódicas em todos os setores que geram resíduos avaliam os documentos e os controles ambientais. Em 2011 reduzimos a geração de resíduos perigosos em relação ao ano anterior, alcançando a marca de 48%. A SBCTrans entende que, para eliminar a quantidade de resíduos dispostos diretamente no seu processo de manutenção, ela deve criar programas de gestão destes resíduos para reduzir a quantidade gerada e aumentar a reciclabilidade dos mesmos, influenciando de maneira positiva todos seus colaboradores.

Produtos Químicos

Utilizamos procedimentos para identificar, minimizar e eliminar os perigos no manuseio de produtos químicos diversos utilizados em nossas operações. A SBCTrans conta com um Plano de Atendimento a Emergência específico, com pessoal devidamente capacitado e treinado, além de recursos e materiais adequados para minimizar as perdas e os danos às pessoas e ao meio ambiente.

Produtos Químicos
Passivos Ambientais

A SBCTrans tem atuado preventivamente para evitar a poluição ambiental, com o monitoramento de vazamentos do trem de força da frota de ônibus, através de coleta de dados onde fotos são tiradas diariamente na revisão preventiva do motor, câmbio, diferencial e pontos julgados significativos para tomada de ação, abertura de ordem de serviço (O.S) e para sanar o problema de vazamento. Também são analisados os aspectos ambientais de nossas atividades, identificando riscos, capacitando nossos colaboradores para minimizar possíveis riscos de impactos ambientais, investindo e utilizando novas tecnologias, como o aspirador que coleta o óleo acumulado em caixas separadoras de água e óleo (SAO), permitindo a custo compatível maximizar a eco eficiência, a segurança e a sustentabilidade da garagem de ônibus. São comprometimentos da empresa com o meio ambiente.

Educação Ambiental

Nossas iniciativas de educação ambiental têm como público alvo nossos colaboradores, fornecedores, comunidades e escolas. Desenvolvemos cursos de capacitação, eventos, atividades lúdicas e treinamentos com o objetivo de alertar para a importância da consciência ambiental, ou seja, os programas de educação ambiental devem ser colocados com força, para “acordar” quem ainda não se engajou em programas dessa natureza. A partir da educação, buscamos construir um legado positivo nos locais onde atuamos.

Estação de Tratamento

Estação de Tratamento e Efluentes

A ETE (Estação de Tratamento de Efluentes) da SBCTrans começa a operar sua nova planta (a anterior, quase pioneira no ramo, já operava em 2005). Com ela passam a ser tratados até 50.000 litros de água por dia, gerando um retorno de R$ 210 mil por ano para a organização. A água é utilizada na lavagem e higienização da frota. Este instante marca o início dos levantamentos legais e normativos para a capacitação da organização em busca da certificação ambiental ISO 14001. Atualmente as novas adequações da estação de tratamento funcionam através da utilização de sistemas automatizados, que controlam o tempo de bombas, dosadoras e filtro prensa, o que eleva a 90% a redução do resíduo gerado no processo de tratamento do efluente.

Estação de Tratamento Estação de Tratamento

Benefícios

  • Melhoria da qualidade de água recirculada e reutilizada;
  • Redução de 80% do resíduo gerado na ETE;
  • Reutilização da água, eliminando consumo de recursos naturais para processo de manutenção.

Programa de Redução na fonte geradora

Ilha Ecológica

Grande parte do trabalho ambiental da SBCTrans está concentrado na Ilha Ecológica, um “galpão de armazenagem temporária de resíduos”, espaço dentro da garagem de ônibus em que os resíduos industriais são separados por categoria, armazenados e enviados às empresas para destino ambientalmente correto. Sendo assim, a SBCTrans orgulha-se de dar o destino correto de seus resíduos à aterros e empresas de tratamento de resíduos licenciados ambientalmente, ou seja, dando destinação nobre aos resíduos e propiciando a reutilização destes.

Programa de Redução na fonte geradora

O programa de redução na fonte consiste na implementação de técnicas com os 4Rs (Recusar, Reduzir, Reutilizar e Reciclar) e procedimentos que visam reduzir a geração ou minimizar os principais contaminantes presentes no resíduo, como o rerrefino do óleo queimado.

Nossos Números

  • Desde 2010, a coleta seletiva já permitiu a reciclagem de aproximadamente 19.000 mil kg de papel e papelão. São mais de 380 árvores poupadas a partir da reciclagem de papel;
  • 4.800 mil kg de plásticos diversos. Essas quantidades são equivalentes a extração de milhares de litros de petróleo como matéria-prima;
  • 60.000 litros de óleo usados para o rerrefino, o que equivale a 376 barris de petróleo que deixam de ser extraídos da natureza. Parece pouco, mas não é, visto que um único litro de óleo pode contaminar até um milhão de litros de água na natureza.
Tabela de óleo

4RS

  • Reduzir;
  • Reciclar;
  • Reutilizar;
  • Recusar.

Gases de efeito estufa (GEE): O Programa de Gestão de Gases de Efeito Estufa apresenta como maior ferramenta o inventário das emissões dos veículos da frota, o qual não contempla somente as emissões de responsabilidade da empresa, mas também as indiretas.

Campanhas

A SBCTrans está investindo forte na conscientização e educação para a correta utilização dos recursos naturais. Por isso, iniciamos a campanha interna “Consumo consciente, responsabilidade de todos”, cujo objetivo é alertar os colaboradores para a importância da preservação e o consumo consciente. Atenta a este cenário, a empresa busca incentivar o uso correto dos recursos, bem como a redução do consumo e o reaproveitamento. Essa ação engloba a utilização correta da água, de energia, a redução dos copos descartáveis, o uso do papel, coleta seletiva e contaminação de água e solo com óleos. Confira abaixo as nossas campanhas: